Autor da ‘defesa do século’ contra Pelé, Gordon Banks morre aos 81 anos

Um dos maiores goleiros da história do futebol mundial, Gordon Banks morreu na manhã desta terça-feira (12), aos 81 anos, depois de uma longa batalha contra um tumor nos rins. A notícia surgiu na imprensa inglesa e foi confirmada pelo Stoke City, ex-clube do arqueiro, que anunciou a morte de Banks nas redes sociais após contato com a família, que apontou que o ídolo inglês “morreu tranquilamente durante a noite”. A Fifa logo se manifestou sobre a morte de Banks, lembrando que o goleiro foi “um dos maiores goleiros da história” e ofereceu “memórias esplêndidas” nas Copas do Mundo.

Ozzy Osbourne | ‘O pior já passou’, diz jornal

Campeão do Mundo em 1966, foi na Copa do Mundo seguinte, em 1970, que ele colocou o nome de vez na história com a chamada “Defesa do Século”. Em duelo contra o Brasil, na primeira fase do Mundial do México, o goleiro impediu que uma cabeçada de Pelé balançasse as redes inglesas – em um lance considerado como praticamente impossível.  Gordon Banks chegou a se aventurar como técnico no Telford United, no começo da década de 1980, mas desistiu da carreira.

Fonte: GE | Foto: Divulgação