Armada e Kiko Zambianchi transformam “Cobra Criada”, de Bezerra da Silva, em punk rock

O Armada segue divulgando suas parcerias inusitadas. Depois de lançar o single “Próxima Estação” com a participação de Sérgio Reis, o grupo acaba de divulgar uma versão punk rock para “Cobra Criada”, samba gravado há 40 anos por Bezerra da Silva. Os caras uniram forças com Kiko Zambianchi, autor de clássicos do pop rock oitentista como “Primeiros Erros” e “Rolam as Pedras”.

“Gosto muito do Bezerra, coleciono os LPs dele e sempre tive vontade de gravar uma versão para essa música, que é uma das minhas favoritas. Convidei o Kiko por que imaginei que se tivesse alguém capaz de transformar o samba em punk, sem perder o gingado, seria ele”, conta Henrike Baliú, vocalista da Armada.

“O samba sempre tem alguns acordes que não combinam com o rock’n’roll. Assim sendo, a solução é excluir os acordes que podem ser excluídos para simplificar a harmonia. Depois de algumas ouvidas e de resolver a levada e a métrica, tudo ficou mais fácil e intuitivo”, disse Kiko, que elogiou as músicas, o conceito e a atitude da banda. “É tudo muito rock’n’roll, direto e sem firulas. Ser convidado para o primeiro disco de uma banda com essa personalidade é sempre um grande prazer. Espero que este disco seja o primeiro de muitos e que essa parceria continue”.

Bandeira Negra, primeiro trabalho do Armada, já está em pré-venda e previsto para ser lançado em fevereiro de 2018 pela Hearts Bleed Blue.

Ouça:

Fonte: Rockline