‘O problema não é o estilo, mas sim a péssima qualidade’, desabafa Jorge Vercillo sobre hits atuais

Jorge Vercillo publicou nesta segunda-feira (5), em sua página no Facebook, um desabafo sobre o que considera “a péssima qualidade de música que parte do público está escolhendo” no país. Em uma primeira mensagem, ele compartilhou um texto que ironiza o funk Que tiro foi esse, de Jojo Todynho. Este texto é atribuído a Arnaldo Jabor, mas não há nenhum registro de que Jabor tenha realmente o escrito. Uma hora depois, Vercillo publicou um longo texto em que ele mesmo expõe sua insatisfação com a música atual (leia o texto na íntegra).

+ Tom Cruise desafia a morte no primeiro trailer de ‘Missão Impossível 6’

“A responsabilidade desse nível baixíssimo de música é em grande parte do público. Muitas pessoas não estão dando a menor importância pra música, elas vão às festas para beber e/ou arrumar alguém para ficar, namorar etc. O problema não é o estilo, mas sim a péssima qualidade de música que parte do público está escolhendo, pois uma parte grande da população me parece que tem preguiça de pensar ou ouvir”, criticou Vercillo.

Ainda conforme a crítica, o músico acredita que os próprios músicos de sertanejo, “sofrência” e funk queriam “no fundo viver de música de mais qualidade” e “poder sobreviver de música e fazendo algo melhor da sua vida”.

Fonte: G1